Como Começar a Fazer Doces para Vender? Veja as Dicas

Curtir

como-começar-a-fazer-doces-para-vender

COMO COMEÇAR A FAZER DOCES PARA VENDER? Veja abaixo dicas valiosas que ira te ajudar nesse empreendimento.

Veja também:

Como Começar a Fazer Doces para Vender?

Utensílios:

Se você não tem, invista numa balancinha digital, não precisa ser nada caro. Ela será de grande ajuda tanto para a estética dos doces quanto para sua contabilidade.

Aconselho também a colher pão-duro de silicone para mexer suas massinhas, é higiênica, por causa de sua forma abrange todo o fundo da panela deixando seu doce impecável e com ela não existe desperdício.

Dê preferência à panelas mais espessas, gosto da panela de ferro, mas pode ser de outro material desde que, não seja fina.

Se for trabalhar com bombons precisará de forminhas ou de garfinhos próprios para glaçar bombons, e recipiente de vidro para derreter o chocolate. Estes são os super básicos. Não se preocupe, com o tempo você mesma vai saber quais utensílios comprar, vai depender das técnicas a serem aplicadas.

Higiene:

Antes de colocar a mão na massa literalmente, siga as regras necessárias para garantir um produto de excelência. Mantenha suas unhas sempre curtas.

Lave bem as mãos antes de manipular alimentos com detergente, pois o sabonete tem muito perfume. O uso do álcool gel também é recomendado. Use touca e pano de prato limpo.

Armazene os alimentos em ambiente e de forma adequados, os potes descartáveis de plástico transparente, aqueles com tampa, são de custo baixo, vedam bem e têm de vários tamanhos. Cole etiquetas indicando a data de validade dos alimentos.

Para quem vender?

Em primeiro lugar é preciso definir qual será seu público alvo, principalmente definir a classe social, faixa de renda. Estando definido, conheça as preferências de seus clientes, mas isso não significa deixar de criar suas próprias combinações de sabores e formas.

Aposte na criatividade será muito compensativo. Além de cupcake, bolo no pote e brigadeiros ofereça também whoopie e cake pop. por exemplo!

Quais variedades Oferecer?

Acredito que oferecer uma variedade razoável é de vantagem, principalmente no início. Isto com certeza dá mais chances de acertar e saber quais dos seus produtos as pessoas preferem. Com o tempo, o próprio cliente decidirá quais serão seus doces de sucesso. Podendo, a critério, eliminar aqueles que não têm saída.

Faça Testes!

Não comercialize produtos que nunca fez antes. Prove-os, dê para amigos e parentes com faixa etárias diferentes provarem. Peça a eles que descrevam o caráter do doce, como molhado, seco, macio, duro, crocante, azedo, amargo… Elogios como gostoso, delícia são super bem vindos, mas a tática é descobrir como as pessoas degustam o seu docinho. Pergunte a elas o que mudaria, isto deixa qualquer um mais a vontade para fazer a crítica (construtiva). Se 5 pessoas de 10 disserem que colocariam menos limão então coloque menos limão.

Como calcular receita x quantidade

A receita do brigadeiro rende 1.200 kg divida o peso da massa pelas gramas de 1 unidade e você terá a quantidade de doces.

Por exemplo 1.200kg : 12g renderá aproximadamente 100 docinhos. Esta regra serve para qualquer coisa que você fizer, é só pesar.

Como definir o tamanho dos doces?

Pesquise a concorrência e pessoas que estejam envolvidas no ramo de festas. A partir daí você pode definir se quer seguir o padrão ou não. Na minha região no ramo de festas as pessoas preferem maior quantidade e de tamanho menor. Unidade de 14g se for passado em confeitos mais delicados ou cobertura de chocolate e de 10g se for em confeitos que dão mais volume.

Apesar de ser um trabalho artesanal, é de muito capricho deixá-los mais ou menos do mesmo tamanho. Use a balancinha no início até pegar o jeito.

A que preço devo vender?

Como você está iniciando seu negócio é interessante vender por um preço competitivo, pesquise sua concorrência para ter uma base. Cada festa que você atender dezenas ou centenas conhecerão seus produtos aumentando sua clientela.

Pesquise por bons preços quem sabe, com descontos ou em promoções. Hoje em dia são muitas as opções de marcas e preços, sem abrir mão da qualidade, aproveite. Analisar custo e benefício é um passo importante no seu trabalho. Você ganha e seu cliente também.

Contabilize como mostra o exemplo 100 unidades:

30,00 – o valor da matéria prima usada nas receitas, assim como outros    apetrechos forminhas, tapetinhos e caixa para transporte.

33,00 – 10% (do valor acima) custo como gás, energia etc

34,00 – 3% (da soma acima) custos imprevistos

* 10,00 – custo da entrega (se fizer)

* 30,00 – sua mão de obra

* 26,00 – seu lucro

100,00 – total (100 unidades)

*a margem destes valores ficam à critério de cada um.

Para produtos que dependem de perfeição para serem utilizados como morangos, cerejas,… eu faço uma média. 1 caixa de morango vem aproximadamente 18 morangos 2,50 sendo que rendem 15 bombons, pois 3 estão machucados ou fora do padrão. Então o cálculo de custo vale o valor total ou seja os 2,50 para 15 bombons.

Mão de obra é seu trabalho em fazer o doce, é como se você pagasse outra pessoa para fazê-lo.

Lucro é seu investimento como empreendedor.

Como divulgar?

O cartão de visita é indispensável, por mais simples que seja. Coloque seus contatos telefone, e-mail, fan page, blog, site, endereço o que desejar informar. Tenha sempre consigo e não tenha pena de entregar às pessoas.

Apresente pessoalmente alguns dos seus produtos para degustação à Buffet, entre em contato com os de sua região, muitos deles terceirizam. Pode ser os de teste, se eles tiverem um resultado satisfatório é claro.

As redes sociais também são uma forma excelente para divulgar, tire fotos faça um portfólio virtual e deixe-o disponível nas redes sociais como Facebook, blog…as pessoas já estão acostumadas com esta praticidade, é ótima divulgação e viabiliza seus pedidos.

Panfletos são relativamente baratos e excelente divulgação. Se optar por eles faça de 3.000 a 5.000 unidades no mínimo.

Banner é uma divulgação versátil, é como ter uma placa móvel. Você pode expor seu banner no seu negócio, na fachada da sua casa ou até mesmo eventos.

Participe de quermesses, eventos… Use seu cartão de visita, banner e um belo sorriso.

Tenha contato com as pessoas estão ligadas ao ramo, além de fazer ótimas amizades o seu trabalho pode completar o dela e vice-versa. Trabalhando em conjunto todo mundo ganha.

Como Fidelizar Clientes?

Não se esqueça da pós venda, ligue ou mande um e-mail perguntando se gostou, se correu tudo bem. Mesmo sendo negativa, a crítica do seu cliente é o seu termômetro. Não dê desculpas, peça-as. Diga que sente muito, que o erro será corrigido. Se for algo grave pergunte se há algo que possa fazer para amenizar o ocorrido. As pessoas na sua maioria não se interessam pelo porque, elas querem ser ouvidas, correspondidas e respeitadas. Perder cliente acontece, mas tente evitar a perda, afinal você investiu para conquistar cada um deles.

Evite a palavra NÃO. Não tenho, não faço. Seja positiva! Se o cliente deseja algo que você não sabe fazer, aprenda. Se não quer fazer, indique alguém que faça e bem. Não tema sua concorrência, faça contato, tenha amizade, existe muita troca neste ramo, indicação ou até terceirização.

E por fim cuide de sua imagem. Ela é mais importante do que você imagina. Quando as pessoas te veem automaticamente associam ao seu produto. Seja como seu produto limpo, admirável, encantador…

Confie no que você planta às vezes requer tempo, paciência e muito trabalho para uma colheita próspera.



Clique AQUI para obter:

receitasebook

Participe do nosso grupo TUDO NO POTINHO no Facebook! E Tenha acesso a centenas de receitas, dicas e ajuda de profissionais experientes GRÁTIS todos os dias!


Aprenda e tenha uma renda extra trabalhando em sua casa

banner_cupcake_200x200 banner_paodemel_200x200


carregando...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *